Urodinâmica

A avaliação urodinâmica ou estudo urodinâmico realiza uma análise do funcionamento do trato urinário inferior (bexiga, uretra e esfíncteres), tanto na fase de armazenamento de urina (enchimento da bexiga), quanto no esvaziamento (micção propriamente dita).

O procedimento busca diagnosticar e esclarecer as causas dos sintomas miccionais, para orientar na definição do tratamento destes problemas. Por isso, é indicado na investigação de várias anormalidades de funcionamento do trato urinário inferior, chamadas de disfunções miccionais.

Serviço de Urodinâmica do Hospital Mãe de Deus

Liderança Médica: Dr. Alvaro Villanustre Gougeon

Horário de atendimento: Segunda a sexta-feira, das 08h às 180h

Localização: Rua Costa, 30 – Subsolo

  • Incontinência urinária feminina e masculina
  • Sintomas da micção, como urgência miccional, frequência aumentada, acordar à noite para urinar, jato fraco, dificuldade para urinar, entre outros.
  • Homens com obstrução de esvaziamento da bexiga por aumento da próstata
  • Prolapsos genitais na mulher
  • Disfunções da micção por doenças neurológicas (bexiga neurogênica).

Com duração aproximada de 45 a 60 minutos, possui três etapas principais: Fluxometria, Cistometria e Estudo Fluxo x Pressão.

– Fluxometria: momento em que será avaliado o fluxo urinário. Para isso, é necessário que o paciente chegue para o exame com vontade de urinar.

– Cistometria: Nessa fase, será utilizada uma sonda de fino calibre através da uretra para realizar o enchimento lento da bexiga com soro fisiológico e analisar os vários aspectos do funcionamento do trato urinário inferior na fase de armazenamento.

O uso da sonda não é doloroso, já que ela é lubrificada com gel anestésico. O procedimento é rápido e provoca apenas leve desconforto.

– Estudo Fluxo x Pressão: Após a conclusão do enchimento da bexiga, o paciente urina novamente. Nessa etapa, o fluxo urinário é analisado em conjunto com a medida da pressão no interior da bexiga.

  • A bexiga deve estar confortavelmente cheia no momento do exame, mas não de forma exagerada.
  • Pessoas com dificuldade para reter urina (incontinência severa), podem chegar 30 minutos antes e tomar água na sala de espera. Pacientes utilizando sonda vesical podem desconsiderar esta indicação.
  • Não é necessário jejum.
  • Após o procedimento, é comum sentir ardência leve ao urinar, que geralmente desaparece nas primeiras 24 horas.
  • Recomenda-se a ingestão de muito líquido imediatamente após o exame.
  • Caso ocorra persistência e piora da ardência após este período ou o surgimento de febre, entre em contato imediatamente com seu médico assistente.
  • Não é necessário repouso
Emergência

24 HORAS

Tempo médio para atendimento
---
*Tempo para atendimento médico após abertura do boletim.
TRAUMATOLOGIA
Tempo médio para atendimento
---
*Tempo para atendimento médico após abertura do boletim.
*Unidade Av. José de Alencar, 286.

PARA VOCÊ

CENTRAL DE ATENDIMENTO

TELEMEDICINA, AGENDAMENTOS, CONSULTAS E EXAMES​