Cirurgia Torácica

O Serviço de Cirurgia Torácica do Hospital Mãe de Deus cuida das doenças relacionadas ao tórax e ao sistema respiratório (parede torácica, traqueia, brônquios, pulmões, pleuras e mediastino). Por tratar de uma grande diversidade de doenças, o cirurgião torácico muitas vezes trabalha em parceria com outros especialistas.

 

A especialidade surgiu com o tratamento da tuberculose, se aprimorou com o tratamento do câncer de pulmão e se firmou com a videocirurgia, que ampliou o acesso à cavidade torácica, permitindo procedimentos minimamente invasivos e abordagem cirúrgica a inúmeras patologias intratorácicas.

 

O Hospital Mãe de Deus conta com cirurgiões torácicos disponíveis para atendimentos de urgência 24h e com treinamento nas mais modernas técnicas de atenção às doenças do Tórax.

Coordenador Médico
  • Dr. Marcelo Bastiani Pasa
Equipe Médica
    • Dr. Airton Schneider
    • Dr. Eduardo Abeche Generosi
    • Dr. Eduardo Fontena
    • Dr. Frederico Krieger Martins
    • Dr. Gabriel Ribeiro Madke
    • Dr. Guilherme Augusto Oliveira
    • Dr. Guilherme Dal Agnol
    • Dr. Leonardo Neves Tavares
    • Dr. Luiz Felipe Lopes Araujo
    • Dr. Nelson Perelman Rosenberg
    • Dra. Patricia Pretto Juchem
    • Dr. Rafael Hertzog Mossmann
  • Simpatectomia torácica para tratamento da hiperidrose
  • Videotoracoscopia - VATS - cirurgia torácica videoassistida
  • Broncoscopia e Ecoendoscopia respiratória - EBUS
  • Oxigenação por membrana extracorporea
  • Oncologia Torácica
  • Tratamento das malformações congênitas do tórax

O câncer de pulmão está sempre associado ao cigarro?

Nem sempre. A poluição do ar também é um agente causador do câncer de pulmão, além de fatores genéticos e doenças pulmonares crônicas. Sabe-se, contudo, que 90% dos casos estão associados ao consumo de tabaco.

 

O câncer de pulmão tem cura?

Sim, desde que esteja em sua fase inicial e, na cirurgia, consiga-se remover todo o tumor.

 

É possível viver bem e sem falta de ar após a cirurgia para retirada de parte do pulmão?

Sim. Antes de a cirurgia ser realizada, é feito um exame para medir quanto do pulmão pode ser retirado. Em um adulto normal, por exemplo, pode-se ressecar até um dos pulmões inteiro. Na maioria dos casos, porém, retira-se bem menos. Esses tratamentos serão somente indicados se os benefícios forem maiores do que os riscos ou efeitos colaterais.

 

Como a simpatectomia torácica é feita?

A cirurgia no nervo simpático é realizada com equipamentos de vídeo e pequenas incisões no tórax para secção de segmentos de nervos, dependendo do local que o paciente apresenta suor excessivo. A cirurgia requer uso de anestesia geral, dura cerca de 1 hora e o paciente pode voltar para casa em menos de 24 horas.

Emergência

24 HORAS

Tempo médio para atendimento
*Tempo para atendimento médico após abertura do boletim.
TRAUMATOLOGIA
Tempo médio para atendimento
*Tempo para atendimento médico após abertura do boletim.
*Unidade Av. José de Alencar, 286.

PARA VOCÊ

CENTRAL DE ATENDIMENTO

AGENDAMENTOS, CONSULTAS E EXAMES​

NOTÍCIAS