SAC passa a ser Ouvidoria

Andréia, Pâmela e Luana fazem parte da equipe da Ouvidoria

Neste momento sem precedentes que estamos passando, nossos pacientes, mais do que nunca, precisam do nosso acolhimento e atenção. Pensando nisso, o Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) do Hospital Mãe de Deus passou por uma mudança de conceito, e agora é Ouvidoria.

Esta nova fase é marcada por uma mudança na estrutura, buscando atuar mais próxima aos clientes, com uma abordagem mais ativa e resolutiva,  abastecendo as áreas com informações para possíveis melhorias. “A Ouvidoria se propõe a tratar as manifestações dos clientes e a recomendar melhorias dos processos da instituição. Ampliamos o nosso papel de relacionamento ativo com clientes e estamos mais  próximos das áreas. A ideia é apoiar colaboradores,  pacientes, familiares  e médicos e também identificar oportunidades, preventivamente. Contamos com o apoio de todas as áreas para que, juntos, possamos trabalhar em prol dos nossos pacientes, familiares e médicos. Desde a Recepção, passando pela Hospitalidade e áreas assistenciais, somos todos Ouvidoria!”, destaca a coordenadora de Relacionamento com Cliente, Pâmela Barata.

A Ouvidoria está localizada no andar térreo, na sala de Relacionamento com o Cliente, no Acesso 1 do Hospital. Para fazer contato com nossa Ouvidoria clique aqui. 

Emergência

24 HORAS

Tempo médio para atendimento
*Tempo para atendimento médico após abertura do boletim.
TRAUMATOLOGIA
Tempo médio para atendimento
*Tempo para atendimento médico após abertura do boletim.
*Unidade Av. José de Alencar, 286.

PARA VOCÊ

CENTRAL DE ATENDIMENTO

TELEMEDICINA, AGENDAMENTOS, CONSULTAS E EXAMES​

Sala de imprensa

Fabíola Bach – Assessoria de Imprensa
Celular: (51) 99952-1462
fabiolaback29@gmail.com

TODAS AS NOTÍCIAS:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Mais notícias

Doulas e Parto Humanizado: Perguntas e Respostas

O que você entende por parto humanizado? Já ouviu falar? O parto humanizado prioriza a fisiologia do corpo da mulher e o desejo de vivenciar com autonomia o nascimento do bebê, utilizando recursos apenas quando solicitado pela mulher ou por necessidade, com base científica.