Prematuridade é o foco durante o Novembro Roxo

Você sabia que o Brasil está entre os dez países onde mais nascem crianças prematuras no mundo? De acordo com dados do UNICEF e do Ministério da Saúde, 11,7% dos partos realizados no país ocorrem antes das 37 semanas, período definido pela Organização Mundial da Saúde para indicar a prematuridade. Por isso, novembro é o mês escolhido para aumentar o reconhecimento e a conscientização sobre o tema, ajudando a reduzir esses números e a melhorar a saúde durante a gestação.

Manter hábitos de vida saudáveis são as principais formas de evitar esse problema e garantir uma gravidez tranquila.  Entre os principais fatores de risco para um parto prematuro estão ausência de pré-natal, álcool, drogas, cigarro, estresse, diabetes e obesidade.

Além disso, outros fatores como pressão alta ou pré-eclâmpsia, distúrbios de coagulação, sangramento vaginal, infecções, gestações muito próximas, frutos de fertilização in vitro e em mulheres menores de 17 anos e acima de 35 também trazem preocupação. Por fim, merecem ainda mais atenção mulheres que já passaram por partos prematuros, grávidas de gêmeos ou múltiplos ou com história de problemas de colo do útero ou uterinos.

Atendimento especializado e estrutura completa: as chaves para o sucesso na assistência ao prematuro

Para garantir os melhores resultados e oferecer todo o suporte para que o bebê consiga se desenvolver da melhor forma, a presença de uma Unidade de Terapia Intensiva Neonatal completa e atualizada é essencial e a UTI Neo do Hospital Mãe de Deus é uma das referências na região para esse tipo de atendimento.

Aqui os pequenos pacientes e suas famílias encontram em um só lugar uma equipe multidisciplinar completa, formada por médicos, enfermeiros, nutricionistas, psicólogos, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, e os equipamentos mais atualizados, que lhe garantirão as funções vitais nas primeiras horas e dias de vida.

Além disso, o HMD conta ainda com uma estrutura completa para disponibilizar total assistência para as mães e os bebês nesse momento tão especial. A nossa Maternidade oferece:

– Espaço com 18 leitos e equipe multidisciplinar especializada.

– Centro Obstétrico com o Programa Parto Adequado, que apoia o plano de parto focando nas melhores práticas para atenção e segurança do procedimento.

– Sala de PPP (pré-parto, parto e pós parto).

– Plantão obstétrico, anestésico e de enfermagem 24h. Aceitamos o acompanhamento de doulas.

– Sala de coleta de leite humano.

– Ambulatório de pré-natal (CDM), com acompanhamento de gestação de risco habitual e de alto risco.

– Grupo Pré-Para Valente, que busca apresentar a neonatologia para gestantes internadas com risco de parto pré-termo.

– Grupo Mama-Nenê, que incentiva e auxilia no aleitamento materno, seguindo o Protocolo de Boas Práticas do Ministério da Saúde. Formado por uma equipe com profissionais de Enfermagem, Nutrição, Psicologia e área médica.

– Acolhimento humanizado e cheio de carinho e cuidado padrão Mãe de Deus!

Emergência

24 HORAS

Tempo médio para atendimento
*Tempo para atendimento médico após abertura do boletim.
TRAUMATOLOGIA
Tempo médio para atendimento
*Tempo para atendimento médico após abertura do boletim.
*Unidade Av. José de Alencar, 286.

PARA VOCÊ

CENTRAL DE ATENDIMENTO

TELEMEDICINA, AGENDAMENTOS, CONSULTAS E EXAMES​

Sala de imprensa

Fabíola Bach – Assessoria de Imprensa
Celular: (51) 99952-1462
fabiolaback29@gmail.com

TODAS AS NOTÍCIAS:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Mais notícias

Saiba mais sobre a cefaleia e como tratá-la

Muito provavelmente, em algum momento da sua vida, você já tenha tido cefaleia. Esse é termo médico para dor de cabeça. Para entender melhor sobre os tipos, sintomas e tratamento para esse problema, nesse Dia Nacional da Cefaleia (19.05), conversamos com a neurologista do Corpo Clínico do Hospital Mãe de Deus, Dra. Alessandra Castro Martins, sobre o tema.

Ciclone Extratropical: Área de acesso ao Espaço Azul é transferida

Com a aproximação do ciclone extratropical que está previsto para atingir o Rio Grande do Sul a partir de hoje (17/05), o Hospital Mãe de Deus está se preparando para o enfretamento dos possíveis impactos do evento.
Para isso, a entrada do Espaço Azul – área exclusiva para pacientes com sintomas gripais será transferida para o Acesso 2 do Hospital, junto à Emergência.