Nutrição hospitalar: muito além da alimentação do paciente

Profissional conferindo sonda de alimentação enquanto segura papéis
Por trás da alimentação recebida no momento da internação, existe uma série de cuidados e responsabilidades dos profissionais de nutrição com os pacientes.

No Hospital Mae de Deus, 95% dos pacientes recebe sua primeira avaliação nutricional nas primeiras 24 horas de internação, o que garante um cuidado personalizado e específico de acordo com a patologia e o estado nutricional em que se encontra.

Atualmente, o Hospital Mãe de Deus conta com nutricionistas especialistas nas mais diversas áreas, e cada uma com atividades específicas para garantir a recuperação dos pacientes.

Na Oncologia, o nutricionista tem papel fundamental durante todo tratamento do paciente, seja pré e pós-cirúrgico ou no período de quimioterapia e radioterapia, garantindo a manutenção do estado nutricional do início ao fim dos procedimentos. São utilizando suplementos alimentares e imunomoduladores, respeitando as vontades e aversões desses pacientes seguindo uma nutrição individualizada.

Pacientes da cardiologia, neurologia e traumatologia também contam com serviço da nutrição clínica durante toda internação até a alta hospitalar, com orientações alimentares inclusive para a recuperação em domicílio.

No Centro de Tratamento Intensivo (CTI) adulto, todos os pacientes são avaliados diariamente, com uma equipe formada por especialistas em terapia nutricional em paciente crítico. Os nutricionistas do HMD garantem o estado nutricional nas mais diversas situações, principalmente dos pacientes que estão em estado crítico.

No Centro de Tratamento Intensivo (CTI) neonatal, o nutricionista garante, através da avaliação nutricional dos bebês, um acompanhamento minucioso de ganho de peso, evolução no tratamento e garantia do estado nutricional do bebê. Na maternidade, o papel é acompanhar a gestante e/ou lactante, desde a internação até a alta hospitalar, oferecendo avaliação nutricional e demais orientações para aleitamento materno.

Além dessas áreas, no Hospital Mãe de Deus, a equipe da Nutrição Clínica está engajada nas mais diversas esferas, como por exemplo: pacientes em cuidados paliativos, hemodiálise, ambulatórios de cirurgia bariátrica, longevidade e pós-Covid. É, também, responsável pela Equipe Multidisciplinar de Terapia Nutricional (EMTN) do hospital, onde coordena uma equipe multidisciplinar que garante a nutrição adequada além de todos os processos que envolvem uso de Nutrição Enteral (via sonda) e Nutrição Parenteral (endovenosa).

Sobre a Nutrição no Hospital Mãe de Deus

A equipe de Nutrição Clínica está sob supervisão de Caroline Schardong Boligon, Nutricionista Especialista em Oncologia, Especialista Clínica e Terapêutica Nutricional, e Mestre em Gastroenterologia e Hepatologia, apresenta, semanalmente, indicadores que apontam a qualidade do serviço prestado aos pacientes, em que mais de 95% dos pacientes são avaliados em 24 horas e, em média, respondem com 93% de adequação de terapia nutricional enteral. Ou seja, recebem adequadamente o que foi prescrito pelo profissional nutricionista (calorias, proteínas, vitaminas e minerais) através da alimentação por sonda.

De acordo com a supervisora, estes indicadores são motivos de orgulho para a instituição, pois não são uma realidade encontrada em muitas instituições, bem como a terapia nutricional individualizada. “Hoje temos um indicador semanal de uso de terapia específica para pacientes que apresentam risco de lesão por pressão, temos uma matriz de qualidade consistente que busca garantir cada vez mais a assertividade de nossos processos e estamos em constante atualização e estamos sempre em busca de melhorias”, afirma Caroline.

Através de uma nutrição hospitalar adequada, individualizada e com práticas pautadas nas particularidades de cada pacientes, é possível garantir que o estado nutricional não seja prejudicado e que a alta aconteça sem intercorrências, possibilitando a manutenção e recuperação máxima de atividades diárias do paciente.

Emergência

24 HORAS

Tempo médio para atendimento
*Tempo para atendimento médico após abertura do boletim.
TRAUMATOLOGIA
Tempo médio para atendimento
*Tempo para atendimento médico após abertura do boletim.
*Unidade Av. José de Alencar, 286.

PARA VOCÊ

CENTRAL DE ATENDIMENTO

TELEMEDICINA, AGENDAMENTOS, CONSULTAS E EXAMES​

Sala de imprensa

Fabíola Bach – Assessoria de Imprensa
Celular: (51) 99952-1462
fabiolaback29@gmail.com

TODAS AS NOTÍCIAS:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Mais notícias

Emergência Cardioneurológica do Hospital Mãe de Deus completa um ano

Quando tempo é vida, contar com um fluxo de atendimento exclusivo, agilizando processos, pode fazer a diferença nos resultados alcançados. Com este objetivo o Hospital Mãe de Deus criou sua Emergência Cardioneurológica, em julho de 2021. Em seu primeiro ano, ela atendeu mais de seis mil pacientes, oferecendo uma estrutura completa para a assistência veloz das doenças cerebrovasculares, com equipe multidisciplinar capacitada, protocolos especializados e tecnologia de ponta.

Mãe de Deus realiza recanalização da veia porta com procedimento minimamente invasivo

A veia porta é responsável por levar entre 70% e 80% do sangue que chega ao fígado, trazendo os nutrientes que são absorvidos para metabolização no órgão. Por isso, qualquer interrupção no local traz grandes impactos para o organismo, podendo ser fatal. Em muitos casos, os tratamentos paliativos são os mais utilizados, por desconhecimento de uma técnica minimamente invasiva chamada recanalização da veia porta. O Hospital Mãe de Deus oferece esta alternativa capaz de solucionar este problema através do reestabelecimento do fluxo no local.