MARCAPASSO FISIOLÓGICO: UMA NOVA FORMA DE ESTIMULAR O CORAÇÃO

Dr. Eduardo Bartholomay, Cardiologista do Corpo Clínico do Hospital Mãe de Deus | Foto: Silvana Schimdt (Comunicação Corporativa)

Com o passar do tempo, a tecnologia do marcapasso evoluiu rapidamente, as baterias que antigamente duravam apenas meses, agora podem durar mais de 10 anos, o tamanho dos dispositivos diminuiu, assim como os materiais utilizados. Entretanto, nenhum marcapasso foi capaz de estimular com a perfeição da natureza, assim muitos pacientes acabam desenvolvendo doenças como a insuficiência cardíaca, pela contração não natural gerada pelo marcapasso.

Recentemente, essa história vem sendo modificada, ao invés de estimular o coração diretamente no músculo cardíaco, porque não utilizar a própria natureza para estimular com perfeição o coração? Surge o marcapasso fisiológico. “O conceito é simples, implantar o eletrodo (fio do marcapasso) direto no sistema de condução cardíaco, utilizando a ampla rede do sistema de condução natural para propiciar uma estimulação fisiológica do músculo cardíaco. A ideia, já existia desde os anos 70; porém, não havia tecnologia para isso. Mais recentemente estudos foram sendo realizados e, provavelmente, essa será a forma moderna de estimular o coração.”, destaca Dr. Eduardo Bartholomay.

O Hospital Mãe de Deus vem sendo um percursor na técnica, tendo uma das maiores séries da América Latina nesse tipo de procedimento. “Mais de 60 casos foram realizados e os resultados são entusiasmantes, sendo que a maior parte dos dispositivos atualmente são implantados com essa técnica”, completa.

Dr. Eduardo Bartholomay durante procedimento| Foto: Silvana Schimdt (Comunicação Corporativa)

E o custo disso?

Quando falamos de novas técnicas cirúrgicas e tecnologias, automaticamente a palavra custo se acrescenta à formula. Porém, o marcapasso fisiológico tem um custo semelhante ao marcapasso normal e custa cerca de 400% menos que um ressincronizador cardíaco, dispositivo que melhor simulava a estimulação fisiológica, agora obtida com maior perfeição.

 

TRAUMATOLOGIA
Tempo médio para atendimento
*Tempo para atendimento médico após abertura do boletim.
*Unidade Av. José de Alencar, 286.

CLIQUE ABAIXO:

CENTRAL DE ATENDIMENTO

TELEMEDICINA, AGENDAMENTOS, CONSULTAS E EXAMES​

Sala de imprensa

Silvana Porto Alegre Schmidt
Fone: (51) 3213-8852
Celular: (51) 99992-4514
silvana.schmidt@aesc.org.br

TODAS AS NOTÍCIAS:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Mais notícias

Hospital Mãe de Deus suspende temporariamente serviços na Unidade Carlos Gomes

Nos últimos dias a batalha contra a Covid-19 se intensificou e colocou todo o sistema de saúde no seu limite de atendimento, o que exige de todos decisões dinâmicas. Em decorrência do cenário apresentado neste momento, faz-se necessária a suspensão temporária dos serviços de Bloco Cirúrgico e Pronto Atendimento de Traumatologia e Ortopedia ofertados na Unidade Carlos Gomes (com exceção da hemodiálise, que permanece aberta), a partir de 1º de março (segunda-feira).