HMD oferece técnica de diálise contínua especializada para pacientes com insuficiência hepática

Da esquerda para a direita, Dr. Francisco Porto, Dra. Alessandra Bender e Dr. Arthur Lazaretti compõem a equipe que realiza a técnica no HMD

A insuficiência renal aguda (IRA) é um problema comum entre os internados em Unidades de Tratamento Intensivo (UTI). Em alguns desses casos, a hemodiálise contínua é indicada, fornecendo um método de substituição renal mais adequado para essas situações. Para aprimorar ainda mais o atendimento oferecido, o Hospital Mãe de Deus oferece uma variação desse procedimento, exclusiva para quem possui problemas hepáticos. A técnica especializada é utilizada em poucos centros e ajuda a reduzir o impacto da disfunção no fígado nesses pacientes.

Os internados em UTI, normalmente, apresentam níveis de pressão arterial mais baixos e a necessidade de medicações para aumentá-los. Com a combinação do tratamento e a disfunção causada no organismo pela infecção, a IRA torna-se mais frequente e surge a necessidade, em casos mais graves, de aplicação da diálise contínua. Essa terapia substitui a função dos rins com um tratamento mais lento, ao longo de muitas horas ou dias. Dessa forma, a remoção do líquido em excesso e das impurezas do organismo ocorre de maneira mais amena.

Focada em pacientes com insuficiência hepática aguda, a técnica oferecida no Mãe de Deus adiciona a albumina nas soluções utilizadas para a diálise. Ela ajuda na remoção da bilirrubina e de outras toxinas, cuja presença é comum em casos de alteração no fígado e que pode ser danosa para o corpo em níveis muito altos.

Aliando a tecnologia de ponta e equipe qualificada do HMD, esse serviço é um diferencial no atendimento aos portadores de doenças hepáticas agudas, oferecendo uma assistência especializada no momento mais delicado e importante, durante a internação em uma UTI.

“A hemodiálise contínua é amplamente utilizada nos nossos pacientes críticos de UTI com insuficiência renal aguda. Agregar essa variação de diálise com albumina à diálise contínua permite também a detoxificação das substâncias nocivas que se acumulam em pacientes com insuficiência hepática aguda”, explica o nefrologista do Corpo Clínico do Hospital Mãe de Deus, Dr. Arthur Lazaretti.

Emergência

24 HORAS

Tempo médio para atendimento
*Tempo para atendimento médico após abertura do boletim.
TRAUMATOLOGIA
Tempo médio para atendimento
*Tempo para atendimento médico após abertura do boletim.
*Unidade Av. José de Alencar, 286.

PARA VOCÊ

CENTRAL DE ATENDIMENTO

TELEMEDICINA, AGENDAMENTOS, CONSULTAS E EXAMES​

Sala de imprensa

Fabíola Bach – Assessoria de Imprensa
Celular: (51) 99952-1462
fabiolaback29@gmail.com

TODAS AS NOTÍCIAS:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Mais notícias

A vitória do pequeno guerreiro Miguel

O pequeno Miguel nasceu com 655 gramas e medindo 34 cm. Foram 96 dias de angústia para os papais Bianca e Jhonatan vendo-o lutar por sua vida a cada segundo. Os dias foram passando, diversas batalhas foram travadas e o “guerreiro Miguel” foi vencendo cada uma delas até, finalmente, receber alta. Para comemorar esse momento tão emocionante, toda equipe da Maternidade se reuniu e celebrou a alta dele.

Hospital Mãe de Deus marca presença no ASCO GU 2024

Manter-se atualizado diante das inovações tecnológicas de qualquer área é algo essencial para garantir o melhor serviço. E é por isso que o HMD, na figura do Coordenador do Centro Integrado de Oncologia do HMD, Dr. Alan Azambuja, esteve presente no ASCO GU 2024, congresso de maior visibilidade e atualização em Uro-Oncologia.

Limpeza de fachada do Hospital Mãe de Deus

Estamos efetuando a limpeza das fachadas do Hospital Mãe de Deus, incluindo os prédios das ruas José de Alencar, Costa e Grão Pará. O procedimento contará com uma equipe de alpinistas certificados que realizarão hidrojateamento e aplicação de produtos especializados.