“ELES VÊM AO MUNDO PARA NOS ENSINAR”

 

17 de novembro foi marcado pelo “Dia Mundial da Prematuridade”. O Serviço de Neonatologia do Hospital Mãe de Deus possui uma equipe completa com médicos, enfermeiros, nutricionistas, psicólogos, fisioterapeutas, técnicos de enfermagem, farmacêuticos e fonoaudiólogos sempre disponíveis, 24 horas, 7 dias por semana para cuidar destes pequenos valentes.

Cada ano, mais de 15 milhões de bebês nascem prematuros no mundo. No Brasil, são 340 mil, segundo a Associação Brasileira de Pais, Familiares, Amigos e Cuidadores de Bebês Prematuros. Isso quer dizer que mais de 300 mil pais precisam ir para casa sem os filhos, como a Larissa, mãe do Arthur, que nasceu dia 31 de julho e está internando desde então em nossa UTI Neonatal, progredindo a cada dia. “Minha médica pediu para ter cuidado, porque corria o risco de ter um parto prematuro, o colo já estava fino. Fiz repouso, tomei as medicações, mas ele estava muito apressado e nasceu com 27 semanas, 750 gramas, 33 centímetros. Foi um choque”, lembra Larissa.

“Procure suporte, não se culpe, seja forte”

Larissa diz que o sentimento de ir para casa sem seu bebê recém-nascido foi de muita culpa: “Me culpava muito no início, pensando o que eu poderia ter feito diferente para que isso não acontecesse. Me questionava o tempo todo: por que comigo? É um sentimento de insuficiência, pois vamos embora e uma parte de nós fica no hospital”, desabafa.

Para passar por tudo isso, Larissa considera que ter uma rede de apoio é fundamental: “Procure suporte, não se culpe, seja forte, porque tudo o que sentimos acabamos passando para eles, então passar tranquilidade mesmo não estando tranquila é muito importante. Converse, fique do lado, dê força para seu filho. O tempo ajuda a superar tudo”, aconselha Larissa. O Hospital Mãe de Deus oferece uma rede de apoio às famílias de prematuros por meio do Programa Pequenos Valentes, que é um encontro semanal para troca de experiências entre a equipe, os pais e outras pessoas que já passaram por essa fase. “Tem me ajudado muito. É muito inspirador ouvir a história de quem já passou por isso e hoje está bem”, destaca Larissa.

Uma vida pelos pequenos valentes

Há 15 anos a Nutricionista da Maternidade do Hospital Mãe de Deus Rafaéli Arrugueti trabalha com bebês prematuros. “Sempre uso uma frase para resumir um pouco da realidade de quem trabalha com prematuros: ‘você nunca saberá quantas vidas transformou, mas eles saberão’. Recebemos os bebês com algumas gramas, acompanhamos o crescimento a cada dia e depois vemos eles correrem por aí. Isso é apaixonante. É o nosso dia a dia. Nossa missão é transformar vidas”, relata orgulhosa.

Neste Dia da Mundial da Prematuridade, Rafaéli chama a atenção para a importância da conscientização das famílias, pois em muitos casos é possível evitar a prematuridade, com um pré-natal adequado. “E para as mães que se deparam com isso, é importante o suporte, lembrar que tem solução. Tem que ter muita paciência, não colocar metas, querer estabelecer horários, porque o prematuro tem o tempo dele, um dia ganha 10 gramas, o outro perde 20, um passo para frente, dois pra trás”, comenta.

 

Emergência

24 HORAS

Tempo médio para atendimento
*Tempo para atendimento médico após abertura do boletim.
TRAUMATOLOGIA
Tempo médio para atendimento
*Tempo para atendimento médico após abertura do boletim.
*Unidade Av. José de Alencar, 286.

PARA VOCÊ

CENTRAL DE ATENDIMENTO

TELEMEDICINA, AGENDAMENTOS, CONSULTAS E EXAMES​

Sala de imprensa

Silvana Porto Alegre Schmidt
Fone: (51) 3213-8852
Celular: (51) 99992-4514
silvana.schmidt@aesc.org.br

TODAS AS NOTÍCIAS:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Mais notícias

SAE: uma nova era para a enfermagem

Com o objetivo de padronizar todos os processos de cuidado que envolvam a assistência de Enfermagem o SAE permite visualizar, de maneira digital, o histórico da jornada do paciente dentro da instituição, desde a coleta de dados a avaliação, permitindo acompanhar a evolução do cuidado que está sendo prestado.