Doenças neuroimunológicas e neuromusculares são foco de novo serviço do Mãe 360°

O Mãe 360° possui agora uma equipe especializada para o atendimento de doenças  neuroimunológicas e neuromusculares. O novo serviço conta com um grupo de profissionais focado no diagnóstico e tratamento de patologias que afetam o sistema nervoso central e o sistema nervoso periférico, oferecendo uma assistência integral para doenças que trazem grande impacto para o dia a dia dos pacientes.  

Os agendamentos podem ser realizados no telefone (51) 3230.6000, no Whatsapp (51) 32030.6001 ou pelo link.

Saiba mais sobre a neuroimunologia

A neuroimunologia inclui todas as doenças do sistema nervoso central que possuem uma base imunológica, quando o organismo ataca a si mesmo. Nesse grupo, a mais comum é a esclerose múltipla. Além dela, a neuromielite óptica, a síndrome anti-MOG, as encefalites autoimunes também são exemplos de patologias prevalentes.

O diagnóstico e o tratamento nessa área apresentaram grande evolução nos últimos anos, por isso, é essencial ficar atento aos principais sintomas, que, normalmente, prejudicam as vias motoras ou sensitivas. Fraqueza nos membros, alteração de sensibilidade, como formigamento ou dormência em partes do corpo, problemas de equilíbrio e de coordenação são bastante comuns. Além disso, a visão embaçada e a dor no olho também são sinais que devem chamar a atenção.

“Até algum tempo atrás tínhamos pouco para oferecer para esses pacientes com lesões imunológicas do sistema nervoso central. Era difícil fazer diagnóstico e tratar. Mas essa é uma área que evoluiu muito. Hoje, conseguimos fazer um diagnóstico via ressonância, punção lombar, pesquisa de anticorpo e detectar de forma muito mais fácil e rápida. Já as terapias, vão regular a imunidade, reduzindo a sua ação ao máximo, já que a imunidade estava agredindo o paciente”, explica o neurologista do Corpo Clínico do Hospital Mãe de Deus, Dr. Jefferson Becker.

Conheça a neuromuscular

Com um espectro mais amplo, ela envolve a porção do sistema nervoso periférico, desde a parte que comanda o nervo motor até chegar no músculo. Os sinais mais comuns que devem ser levados em conta são fraqueza, formigamento, dormência e alterações na sensibilidade e nos reflexos. Além disso, em alguns casos, podem causar problemas na visão e na deglutição e até falta de ar.

A síndrome do túnel do carpo é uma das patologias mais comuns causadas pelas lesões nos nervos periféricos. Ela atinge 6% das mulheres e 3% dos homens e traz sensação de dormência e, com a evolução do problema, dificuldades para executar tarefas com objetos pequenos, como amarrar os sapatos e segurar uma xícara. Já a Esclerose Lateral Amiotrófica provoca um quadro de fraqueza muscular progressiva, podendo causar cãibras e atrofia. Outros exemplos de doenças neuromusculares são: síndrome do túnel cubital (lesão no nervo ulnar no cotovelo), polineuropatias, miopatias, miastenia gravis, radiculopatias (lesão na raiz do nervo da coluna), e hérnia de disco.

O diagnóstico envolve avaliação clínica em associação com exames de sangue e do líquido cefalorraquidiano, além de eletroneuromiografia, ressonância e ultrassonografia.

Emergência

24 HORAS

Tempo médio para atendimento
*Tempo para atendimento médico após abertura do boletim.
TRAUMATOLOGIA
Tempo médio para atendimento
*Tempo para atendimento médico após abertura do boletim.
*Unidade Av. José de Alencar, 286.

PARA VOCÊ

CENTRAL DE ATENDIMENTO

TELEMEDICINA, AGENDAMENTOS, CONSULTAS E EXAMES​

Sala de imprensa

Fabíola Bach – Assessoria de Imprensa
Celular: (51) 99952-1462
fabiolaback29@gmail.com

TODAS AS NOTÍCIAS:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Mais notícias

Emergência Cardioneurológica do Hospital Mãe de Deus completa um ano

Quando tempo é vida, contar com um fluxo de atendimento exclusivo, agilizando processos, pode fazer a diferença nos resultados alcançados. Com este objetivo o Hospital Mãe de Deus criou sua Emergência Cardioneurológica, em julho de 2021. Em seu primeiro ano, ela atendeu mais de seis mil pacientes, oferecendo uma estrutura completa para a assistência veloz das doenças cerebrovasculares, com equipe multidisciplinar capacitada, protocolos especializados e tecnologia de ponta.

Mãe de Deus realiza recanalização da veia porta com procedimento minimamente invasivo

A veia porta é responsável por levar entre 70% e 80% do sangue que chega ao fígado, trazendo os nutrientes que são absorvidos para metabolização no órgão. Por isso, qualquer interrupção no local traz grandes impactos para o organismo, podendo ser fatal. Em muitos casos, os tratamentos paliativos são os mais utilizados, por desconhecimento de uma técnica minimamente invasiva chamada recanalização da veia porta. O Hospital Mãe de Deus oferece esta alternativa capaz de solucionar este problema através do reestabelecimento do fluxo no local.