Dia Mundial do AVC: agilidade no atendimento e prevenção são principais pontos de alerta

Reconhecer os sinais é fundamental para diminuir as sequelas do AVC.

Prevenção e ação rápida ao primeiro sintoma de um acidente vascular cerebral (AVC) são fundamentais para lidar com esta que é a segunda causa de morte entre os brasileiros. Atenção a isso e conscientização são os principais focos do Dia Mundial do AVC, lembrado em 29 de outubro (próxima sexta-feira).

“Para o menor sinal de alerta de AVC, o tempo de ação é imprescindível. A cada minuto, um paciente do quadro que não é tratado perde 4 milhões de neurônios”, ressalta ocoordenador dos serviços de Neurocirurgia e Neurologia do do Hospital Mãe de Deus, neurocirurgião Luiz Felipe Alencastro.

Estar atento a fatores de risco como hipertensão arterial, diabetes e colesterol alto, histórico prévio de doença vascular pode reduzir a probabilidade de uma pessoa ter AVC. Igualmente trabalhar na prevenção da saúde, como fazer atividades físicas e evitar o sedentarismo, além de não fumar, são ações importantíssimas para evitar essa emergência em saúde.

“Manter uma vida saudável, com prática de exercícios, dieta e saúde emocional, é a base da prevenção para evitar fatores que contribuem para elevar o risco de AVC: diabetes, hipertensão arterial, elevação de colesterol, sedentarismo e tabagismo. Estes são os fatores de risco mais comumente associados a um acidente vascular cerebral”, cita o líder da Neurologia Clínica do HMD, neurologista Henrique Mohr.

Como se prevenir

  • Fazer check-ups regulares para conhecer seus fatores de risco
  • Manter a prática regular de atividades físicas
  • Evitar o ganho de peso e manter uma alimentação saudável
  • Limitar o consumo de álcool e evitar o tabagismo

Saiba reconhecer os sinais de alerta de um AVC

Mohr também explica que há fatores sob os quais não temos controle, como os genéticos ou histórico familiar: “Se há fatores de risco envolvidos, sejam eles passíveis de modificação ou não, devemos estar alertas para a prevenção de AVC e reconhecimento dos seus sintomas”.

Por isso, o atendimento de emergência deve ser imediatamente procurado quando o paciente apresentar algum desses sintomas:

  • Fraqueza ou formigamento no rosto, braço ou perna
  • Confusão mental
  • Alterações em fala, compreensão, visão e equilíbrio
  • Dor de cabeça súbita e intensa

Tipos de AVC

Existem duas formas de AVC: aquela que pode se originar de uma obstrução de vasos sanguíneos, o chamado acidente vascular isquêmico, ou de uma ruptura do vaso, conhecido por acidente vascular hemorrágico.

“Em média, para cada cinco AVCs, um é hemorrágico e quatro são isquêmicos, sendo este portanto o mais comum. Em termos da gravidade, normalmente o hemorrágico é pior, porém isso não é uma regra, dependendo muito da localização e da extensão do AVC. Para ambos, reconhecimento e tratamento precoces podem reduzir a chance de complicações”, complementa Mohr.

Emergência Cardioneurológica do HMD atende casos com prioridade

Atento à necessidade de ação imediata nesses casos, com foco em agilidade no atendimento, o Hospital Mãe de Deus lançou em junho a Emergência Cardioneurológica. O espaço é dedicado exclusivamente ao acolhimento de pacientes em risco cardíaco ou neurológico.

“É uma porta de entrada em que o paciente com sintomas típicos não precisa passar por triagem clínica. Com isso, ganha-se muito em velocidade de atendimento, seja qual for o tipo do AVC”, dizoneurologista Luiz Felipe Alencastro.

Aqueles que chegarem ao espaço com qualquer um dos sinais de alerta serão diretamente atendidos por um neurologista.

“Esse paciente tem prioridade na realização de exames, como uma tomografia imediata”, completa Alencastro.

Atendimento da Emergência Cardioneurológica

  • Recebe pacientes 24 horas, sete dias por semana, para atendimento por cardiologistas e neurologistas, sem necessidade de triagem clínica para os casos que apresentarem sintomas compatíveis
  • Atendimento para pacientes de convênios ligados ao Mãe de Deus ou particulares
Emergência

24 HORAS

Tempo médio para atendimento
*Tempo para atendimento médico após abertura do boletim.
TRAUMATOLOGIA
Tempo médio para atendimento
*Tempo para atendimento médico após abertura do boletim.
*Unidade Av. José de Alencar, 286.

PARA VOCÊ

CENTRAL DE ATENDIMENTO

TELEMEDICINA, AGENDAMENTOS, CONSULTAS E EXAMES​

Sala de imprensa

Fabíola Bach – Assessoria de Imprensa
Celular: (51) 99952-1462
fabiolaback29@gmail.com

TODAS AS NOTÍCIAS:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Mais notícias

Saiba mais sobre a cefaleia e como tratá-la

Muito provavelmente, em algum momento da sua vida, você já tenha tido cefaleia. Esse é termo médico para dor de cabeça. Para entender melhor sobre os tipos, sintomas e tratamento para esse problema, nesse Dia Nacional da Cefaleia (19.05), conversamos com a neurologista do Corpo Clínico do Hospital Mãe de Deus, Dra. Alessandra Castro Martins, sobre o tema.

Ciclone Extratropical: Área de acesso ao Espaço Azul é transferida

Com a aproximação do ciclone extratropical que está previsto para atingir o Rio Grande do Sul a partir de hoje (17/05), o Hospital Mãe de Deus está se preparando para o enfretamento dos possíveis impactos do evento.
Para isso, a entrada do Espaço Azul – área exclusiva para pacientes com sintomas gripais será transferida para o Acesso 2 do Hospital, junto à Emergência.