Centro Integrado de Oncologia adquire touca inglesa que reduz a queda de cabelo durante tratamento

A crioterapia auxilia na diminuição da queda de cabelo, resultante do tratamento.

A queda de cabelo pode ser um dos momentos mais sensíveis e difíceis para os pacientes com câncer. Além de afetar a autoestima, esse processo mexe com a identidade de cada pessoa, podendo levar à depressão e à desistência do tratamento. Para oferecer uma alternativa para esse público, o Centro Integrado de Oncologia do Hospital Mãe de Deus (CIO) possui um novo equipamento que combate esse problema: a Touca Inglesa Paxman.

Entenda como funciona o tratamento com crioterapia capilar

A crioterapia capilar é uma tecnologia segura e com eficácia comprovada, apresentando bons resultados, que variam de acordo com cada organismo e tipo de medicamento usado. Utilizando uma touca com um circuito de líquido gelado que chega a cerca de -4ºC, realiza-se o resfriamento do couro cabeludo a uma temperatura em torno de 18°C, diminuindo o fluxo sanguíneo na área e, consequentemente, a passagem do quimioterápico e a sua absorção, evitando a destruição dos folículos.

“A touca inglesa da Paxman é a única aprovada pela Anvisa no Brasil e comprovadamente reduz a alopecia, a queda de cabelo significativa durante a quimioterapia. Certamente, é um acréscimo importante à jornada dos nossos pacientes e ficamos muitos felizes e satisfeitos com a aquisição do aparelho aqui pelo Centro Integrado de Oncologia, pois sabemos que manter uma qualidade de vida satisfatória é fundamental durante o período dos tratamentos oncológicos”, explica o coordenador médico do CIO, Dr. Jairo Lewgoy.

O processo inicia 30 minutos antes da infusão dos quimioterápicos, com o paciente permanecendo com o equipamento durante toda a administração do medicamento e até uma hora e meio após a sua conclusão. A tecnologia não é indicada apenas em algumas situações especiais que são explicadas durante a consulta médica.

“A questão capilar é um ponto muito sensível, que influencia a vaidade e até as relações sociais. A gente escuta muitas histórias nesse sentido. Por isso, essa é uma opção tão importante na assistência de uma forma integral e que oferecemos agora para os nossos pacientes”, ressalta a enfermeira coordenadora do CIO, Natalia dos Santos.

Primeira paciente beneficiada com a crioterapia no HMD conta a sua história

Aquela sensação de frio na cabeça acompanhada pela apreensão por passar por um procedimento novo não foram capazes de tirar a simpatia da Karin Caselli, a primeira paciente a se beneficiar com essa tecnologia no Hospital Mãe de Deus. Confira o depoimento dela sobre esse momento.

“Foi o meu marido quem viu esse sinalzinho, parecia uma espinha. A última coisa que pensamos que poderia ser era um câncer de mama. Eu logo procurei o Dr. Alan (Azambuja) e, após a realização de exames, a cirurgia e a definição pela quimioterapia, ele disse que essa touca tinha chegado. A minha mãe ficou bastante emocionada, pois ela estava preocupada com essa parte. A ciência para mim é todo o pensamento do bem, é a virtude. Para mim, Deus está nela. Acredito que todo esse trabalho dos médicos, pela ciência, ajuda muito a melhorar essa questão da autoestima. Fico feliz que, ao contar a minha história e participar desse momento, possa auxiliar e conscientizar outras pessoas”, explica Karin.

Entre em contato com o Hospital Mãe de Deus através dos canais de comunicação online e entenda nossas possibilidades de tratamento para câncer.

Emergência

24 HORAS

Tempo médio para atendimento
*Tempo para atendimento médico após abertura do boletim.
TRAUMATOLOGIA
Tempo médio para atendimento
*Tempo para atendimento médico após abertura do boletim.
*Unidade Av. José de Alencar, 286.

PARA VOCÊ

CENTRAL DE ATENDIMENTO

TELEMEDICINA, AGENDAMENTOS, CONSULTAS E EXAMES​

Sala de imprensa

Fabíola Bach – Assessoria de Imprensa
Celular: (51) 99952-1462
fabiolaback29@gmail.com

TODAS AS NOTÍCIAS:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Mais notícias

Emergência Cardioneurológica do Hospital Mãe de Deus completa um ano

Quando tempo é vida, contar com um fluxo de atendimento exclusivo, agilizando processos, pode fazer a diferença nos resultados alcançados. Com este objetivo o Hospital Mãe de Deus criou sua Emergência Cardioneurológica, em julho de 2021. Em seu primeiro ano, ela atendeu mais de seis mil pacientes, oferecendo uma estrutura completa para a assistência veloz das doenças cerebrovasculares, com equipe multidisciplinar capacitada, protocolos especializados e tecnologia de ponta.

Mãe de Deus realiza recanalização da veia porta com procedimento minimamente invasivo

A veia porta é responsável por levar entre 70% e 80% do sangue que chega ao fígado, trazendo os nutrientes que são absorvidos para metabolização no órgão. Por isso, qualquer interrupção no local traz grandes impactos para o organismo, podendo ser fatal. Em muitos casos, os tratamentos paliativos são os mais utilizados, por desconhecimento de uma técnica minimamente invasiva chamada recanalização da veia porta. O Hospital Mãe de Deus oferece esta alternativa capaz de solucionar este problema através do reestabelecimento do fluxo no local.