Ambulatório de Cardio-oncologia do Hospital Mãe de Deus completa dois anos

Com o desenvolvimento de novos tratamentos contra o câncer, surgiram também preocupações quanto ao aumento do risco de toxicidade ao sistema cardiovascular, podendo impactar negativamente o prognóstico. Pensando nesta necessidade crescente para os pacientes, o Centro Integrado de Oncologia do Hospital Mãe de Deus criou o Ambulatório de Cardio-oncologia.

A Cardio-oncologia é uma subárea da Cardiologia que busca identificar e tratar, também, de forma precoce a potencial cardiotoxicidade secundária aos tratamentos do câncer. Para isso, promove estratégias de prevenção e tratamento das doenças cardiovasculares ao longo da jornada do tratamento oncológico e após a sua conclusão.

No Centro Integrado de Oncologia, o projeto começou com um grupo de estudos em 2014 e, ao final de 2019, ocorreu a abertura do ambulatório. Nesses dois anos, o trabalho já trouxe diversos frutos, auxiliando na melhor assistência para diversos pacientes.

“Minha experiência com a Cardio-oncologia foi a melhor possível. Me senti mais seguro no meu tratamento e tive a certeza que terei uma sobrevida melhor. Eu só tenho a agradecer pelo atendimento dos profissionais e dar meus parabéns pelo sucesso que eles estão tendo nesta área”, ressalta Luiz Ademir dos Anjos, que pôde prosseguir com o seu tratamento oncológico após os cuidados da equipe de profissionais especializada.

Conheça nossa estrutura

O Centro Integrado de Oncologia do Hospital Mãe de Deus conta com uma equipe de atendimento onco-cardiológico reconhecida pela excelência dos profissionais, dos recursos terapêuticos e de tecnologias, que garantem a prestação do melhor tratamento das doenças que acometem o sistema cardiovascular nos pacientes oncológicos. Além disso, atua ainda com o Tumor Board, reuniões semanais para discussão de casos clínicos com multi especialidades médicas que tem por objetivo contribuir com o melhor desfecho do tratamento para o paciente.

“Garantir que nossos pacientes sejam bem tratados é o nosso objetivo. Acho que conseguimos, ao longo desses dois anos, fazer esse processo interno de aprendizado, se especializar na área e, ao mesmo tempo, entregar para os pacientes valor e qualidade de vida”, comenta o co-coordenador do Serviço de Cardio-oncologia, Dr. Eduardo Schlabendorff.

Conheça a nossa equipe:

– Dr. Eduardo Schlabendorff: Co-coordenador do Serviço de Cardio-oncologia, atual Presidente do Grupo de Estudos em Cardio-oncologia da SOCERGS e Pós-graduando do Curso de Pós-graduação em Cardio-oncologia pela SBC.

– Dr. Euler Manenti: Diretor Médico do Hospital Mãe de Deus, Co-coordenador do Serviço de Cardio-oncologia e futuro Presidente do Grupo de Estudos em Cardio-oncologia da SOCERGS (2022/2023).

– Dra. Theuran Machado: Cardio-oncologista pelo Programa de Complementação Especializada da FMUSP/INCOR-ICESP.

– Dra. Vanessa Santos: Pós-graduanda do Curso de Pós-graduação em Cardio-oncologia pela SBC.

Emergência

24 HORAS

Tempo médio para atendimento
*Tempo para atendimento médico após abertura do boletim.
TRAUMATOLOGIA
Tempo médio para atendimento
*Tempo para atendimento médico após abertura do boletim.
*Unidade Av. José de Alencar, 286.

PARA VOCÊ

CENTRAL DE ATENDIMENTO

TELEMEDICINA, AGENDAMENTOS, CONSULTAS E EXAMES​

Sala de imprensa

Fabíola Bach – Assessoria de Imprensa
Celular: (51) 99952-1462
fabiolaback29@gmail.com

TODAS AS NOTÍCIAS:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Mais notícias

Serviços afetados em decorrência do temporal

Em decorrência da forte chuva do final da tarde desta quarta-feira (26), que provocou transtornos em diversos pontos da cidade, principalmente, no bairro Menino Deus, houve o alagamento dos acessos ao Hospital Mãe de Deus pela Rua Costa, afetando algumas áreas da Instituição. Confira os serviços afetados.

Hospital Mãe de Deus realiza primeira crioablação para tratamento de metástase óssea

Possibilitar a remoção destruição de tumores de maneira segura e sem cortes, trazendo uma recuperação mais rápida e com menos chances de complicações. Esse é o objetivo da crioablação (destruição por congelamento) guiada por tomografia. Após a utilização da técnica em casos de câncer renal, agora, a equipe do Hospital Mãe de Deus realizou o primeiro procedimento para tratamento de um tumor ósseo.