ACESSIBILIDADE PARA UM TRATAMENTO IGUALITÁRIO

 

A retomada final da gravidez é um período delicado para a maioria das mulheres. A expectativa de conhecer ou aumentar o bebê a cada dia, juntamente com muitas incertezas e apreensões por hora do parto. Silvane, de Nova Petrópolis, é uma mãe da primeira viagem. Você teve uma gestação muito tranquila até a 32ª semana, quando uma pré-eclâmpsia foi feita às pressas para uma emergência do Hospital Mãe de Deus. Além do turbilhão de sentimentos de um momento como esse, Silvane é deficiente auditiva e seu marido Jonas também. “Chegar em um hospital pela primeira vez, com oito meses de gravidez, com sintomas que não tiveram sentido durante a gestação inteira e não conseguem me comunicar com pessoas muito angustiantes”, conta Silvane.

Como o Hospital Mãe de Deus possui muitos funcionários com deficiência auditiva, a primeira iniciativa foi chamar o David, que atua na Central de Abastecimento Farmacêutico, para auxiliar na comunicação. “Ajudei a explicar para eles como funcionava a CTI Neonatal, acalmei, conversei, pois sei como é ruim estar em uma situação que se precisa de auxílio e não ter ninguém que te entenda, ninguém que seja igual a ti, então eu fico muito feliz toda vez que posso ajudar”, conta, orgulhoso, David.

O caso da Silvane e do Jonas veio ao encontro da mais nova ferramenta que o Hospital Mãe de Deus está oferecendo aos pacientes com deficiência auditiva. “O atendimento ao surdo nos serviços de saúde é ainda um grande obstáculo, pois faltam profissionais preparados para atender essa população. Em parceria com a UnimedPOA e ICOM, o nosso paciente vai utilizar uma plataforma digital, com independência e exclusividade. o Uso é rápido e simples, basta usar o QR CODE pelo celular ou ipad e iniciar o atendimento com a intérprete que estará disponível pelo sistema. Nosso objetivo é oferecer cada vez mais acesso aos pacientes que necessitam de atendimento”, destaca a diretora de relacionamento com médicos e clientes, Mariele Chrischon.

Silvane e Jonas já estão utilizando a ferramenta e se dizem emocionados por estarem sendo tradados de igual para igual: “Esta ferramenta nos dá a oportunidade de que todos nos entendam e que possamos entender a todos”, conta, a mais nova mãe, que aguarda o crescimento do pequeno Thomas, que está se recuperando desde o dia 18 de janeiro na CTI Neonatal do Hospital Mãe de Deus.

 

Emergência

24 HORAS

Tempo médio para atendimento
*Tempo para atendimento médico após abertura do boletim.
TRAUMATOLOGIA
Tempo médio para atendimento
*Tempo para atendimento médico após abertura do boletim.
*Unidade Av. José de Alencar, 286.

PARA VOCÊ

CENTRAL DE ATENDIMENTO

TELEMEDICINA, AGENDAMENTOS, CONSULTAS E EXAMES​

Sala de imprensa

Fabíola Bach – Assessoria de Imprensa
Celular: (51) 99952-1462
fabiolaback29@gmail.com

TODAS AS NOTÍCIAS:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Mais notícias

Ciclone Extratropical: Área de acesso ao Espaço Azul é transferida

Com a aproximação do ciclone extratropical que está previsto para atingir o Rio Grande do Sul a partir de hoje (17/05), o Hospital Mãe de Deus está se preparando para o enfretamento dos possíveis impactos do evento.
Para isso, a entrada do Espaço Azul – área exclusiva para pacientes com sintomas gripais será transferida para o Acesso 2 do Hospital, junto à Emergência.

Alta prevalência e sintomas silenciosos são alertas para a hipertensão

Uma doença silenciosa, presente em 25% da população adulta,. Essa é a hipertensão. Por sua alta prevalência e possíveis consequências graves, o diagnóstico precoce, o tratamento adequado e a prevenção são essenciais. Para marcar o Dia Mundial da Hipertensão (17/05). preparamos uma material especial com as principais informações sobre esse tema. 

Conheça o papel do assistente social dentro de um hospital

Você sabe qual o papel do assistente social dentro de um hospital? Eles são responsáveis por buscar defender os direitos dos pacientes, através de um processo de acolhimento, escuta sensível, construção e fortalecimento de vínculos. Conheça mais sobre a atuação e importância deles dentro desses espaços.

HMD é pioneiro no uso de técnica para desobstrução de artérias com laser no Estado

A obstrução de artérias é um problema cada vez mais frequente entre a população, podendo trazer graves consequências, como o infarto e o acidente vascular cerebral. Para atender esses casos, o Hospital Mãe de Deus conta agora com uma nova tecnologia: o laser. O HMD é a primeira instituição do Rio Grande do Sul a utilizar essa técnica e o pioneiro no Brasil na realização do procedimento guiado via Tomografia de Coerência Ótica (OCT).