A SAÚDE DOS NOSSOS PACIENTES É O QUE NOS MOVE

 

Quando um paciente procura o Hospital Mãe de Deus, seja por uma dor de cabeça aguda, seja por um corte profundo ou um osso quebrado, a missão é acolhê-lo e garantir que tenha o melhor tratamento possível.

E isso significa identificá-lo corretamente, praticar uma comunicação efetiva, oferecer a medicação certa, realizar a cirurgia no membro e no paciente certo, reduzir o risco de infecções, de lesões por queda e de lesões por pressão. Estas são as sete metas internacionais de segurança ao paciente praticadas, todos os dias, dentro do Hospital.

No Dia Internacional de Segurança do Paciente, 17 de setembro, a Equipe de Qualidade e Segurança do Hospital promoveu uma ação de sensibilização para equipe assistencial. Na ação cada meta era abordada individualmente, sendo cronometrada e abordando dúvidas e informações importantes. “A equipe de qualidade e segurança propôs uma campanha para conscientizar os nossos profissionais sobre as 7 metas. São metas extensamente trabalhadas dentro da instituição. É uma ação de sensibilização por que qualidade e segurança assistencial é uma premissa da nossa instituição” comenta Francyne Lopes, coordenadora de qualidade e segurança.

Ações como essas traduzem o reconhecimento internacional de qualidade e segurança do Hospital. Desde 2012, o Hospital Mãe de Deus é acreditado pela Joint Commission International (JCI), maior e mais antiga agência verificadora da qualidade e segurança em saúde do mundo.

TRAUMATOLOGIA
Tempo médio para atendimento
*Tempo para atendimento médico após abertura do boletim.
*Unidade Av. José de Alencar, 286.

CLIQUE ABAIXO:

CENTRAL DE ATENDIMENTO

TELEMEDICINA, AGENDAMENTOS, CONSULTAS E EXAMES​

Sala de imprensa

Silvana Porto Alegre Schmidt
Fone: (51) 3213-8852
Celular: (51) 99992-4514
silvana.schmidt@aesc.org.br

TODAS AS NOTÍCIAS:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Mais notícias

Hospital Mãe de Deus suspende temporariamente serviços na Unidade Carlos Gomes

Nos últimos dias a batalha contra a Covid-19 se intensificou e colocou todo o sistema de saúde no seu limite de atendimento, o que exige de todos decisões dinâmicas. Em decorrência do cenário apresentado neste momento, faz-se necessária a suspensão temporária dos serviços de Bloco Cirúrgico e Pronto Atendimento de Traumatologia e Ortopedia ofertados na Unidade Carlos Gomes (com exceção da hemodiálise, que permanece aberta), a partir de 1º de março (segunda-feira).