Você sabe o que é Pesquisa Clínica?

Absolutamente tudo o que temos dentro da saúde hoje passou em algum momento pela Pesquisa Clínica: para estar na farmácia, para ser utilizado, para ser um processo implementado. Desde medicamentos simples, que passaram por todas as fases de pesquisa, até medicamentos para tratamento oncológico. A Pesquisa Clínica é qualquer investigação que envolve seres humanos, é por meio dela que os cientistas (médicos) encontram novas e melhores maneiras de prevenir, detectar, diagnosticar, controlar e tratar doenças.

Como funciona?

Quando uma nova molécula é descoberta pelas indústrias de medicamentos, se iniciam estudos de laboratório. Quando se verifica que a molécula apresenta bons resultados nos testes iniciais, pode-se iniciar os estudos clínicos, divididos em fases.

Quais são as fases da Pesquisa Clínica?

Temos quatro fases de estudos em uma Pesquisa Clínica:


Fase 1: na primeira fase da pesquisa são feitos estudos de segurança em pequenos grupos, de 20 a 100 pessoas (voluntários saudáveis com exceção da Oncologia). O objetivo é avaliar se o medicamento é seguro, sua farmacocinética (como se distribui pelo corpo) e farmacodinânica (como funciona e como age no organismo). Também busca a melhor forma de utilização (oral, injetada, etc.), a dose mais segura (maior dose tolerável), menor dose efetiva, relação dose/efeito, duração dos efeitos e efeitos colaterais.


Fase 2: o número de pacientes que participará nessa fase é maior, de 100 a 200 e os voluntários já têm a doença a ser tratada. Os estudos desta fase são realizados para obtenção de informações mais detalhadas sobre a segurança e avaliação da eficácia do medicamento: como toxicidade, biodisponibilidade da droga e nível de concentração da droga no sangue do paciente.


Fase 3: esta é a fase conhecida como de grandes estudos! É a mais importante para verificar a eficácia. O número de participantes é de aproximadamente 800 pacientes. Nesta fase há o estabelecimento do perfil terapêutico como indicações, dose, via de administração, contraindicações, efeitos colaterais, medidas de precaução e demonstração de vantagem terapêutica (comparação com outros medicamentos). Estes estudos determinam o resultado do risco ou benefício a curto e longo prazo e as reações adversas mais frequentes.


Fase 4: Nesta fase, os estudos são realizados para se confirmar que os resultados obtidos na fase anterior (fase 3) são aplicáveis em uma grande parte da população com a doença. Esta fase se dá após a aprovação do medicamento, quando ele já é comercializado. São estudos de vigilância pós-comercialização, para estabelecer o valor terapêutico, o surgimento de novas reações adversas a longo prazo ou confirmação das reações já conhecidas e estratégias de tratamento.

Centro de Pesquisa Clínica do Hospital Mãe de Deus

O Centro de Pesquisa Clínica do Hospital Mãe de Deus realiza estudos de oncologia e hematologia. Conta com médicos investigadores experientes e equipe qualificada para desenvolvimento de estudos internacionais. A equipe multidisciplinar seleciona os pacientes, realiza exames, fornece o tratamento e suporte a todo o tratamento do paciente dentro do hospital. O principal objetivo é oferecer opções de tratamento aos pacientes oncológicos pautadas na ética médica, ao mesmo tempo que colaboram para o avanço científico da área.
Pacientes que já são atendidos pelo serviço de saúde do Hospital Mãe de Deus e pacientes externos podem participar de protocolos de Pesquisa Clínica.

 

Acesso a medicamentos inovadores

“O foco é avaliar novos tratamentos. Temos que desmistificar o conceito de cobaia, atualmente os estudos clínicos são realizados com segurança, os pacientes são examinados e monitorados o tempo todo. O paciente que participa de um protocolo tem acesso a um tratamento de ponta antes dele ser disponibilizado no país. Além do benefício de um tratamento inovador, o paciente pode ainda colaborar para salvar outras vidas. Muitas informações que os médicos têm hoje disponíveis, são frutos de estudos como estes”., esclarece a coordenadora do Centro de Pesquisas Clínica do Hospital Mãe de Deus, Gabriela Alerico.

É importante destacar que a Pesquisa Clínica é bem regulamentada no Brasil, pois todos os protocolos clínicos passam por uma série de avaliações éticas antes de serem implementados.

Os pacientes que participam de um estudo clínico devem ficar atentos aos seguintes itens:

Privacidade
Todos os procedimentos que serão realizados devem preservar a sua privacidade. Nenhuma informação a seu respeito pode ser divulgada sem a sua autorização. Na pesquisa, você passa a ser identificado por suas iniciais e uma sequência de números.


Autonomia
Na pesquisa, o seu modo de pensar, sua crença e seus costumes devem ser respeitados.


Esclarecimento e Abertura
Você precisa sentir-se à vontade e confiar em seu médico. Nada deve deixar de ser comunicado a você.

Perguntas Frequentes

Para que um paciente participe de um protocolo clínico é necessária a verificação de uma série de critérios de elegibilidade, os quais foram definidos principalmente para garantir a segurança dos pacientes. Além disso, a participação de um paciente é voluntária e não interfere no atendimento médico recebido pelo paciente na Instituição. Os médicos e a equipe do Centro de Pesquisa fornecem todas as informações que o paciente precisa para tomar uma decisão. Pergunte ao seu médico se um protocolo de Pesquisa Clínica pode ser uma opção de tratamento para seu caso.

Mãe de Deus

DEMAIS UNIDADES DE SAÚDE AESC

  • CAPS AD III Noroeste/ Humaitá/Navegantes/Ilhas

    (51) 3230.6362 · 3230.6363

    Av. Pernambuco, 1700 - Porto Alegre/RS

    Como chegar
  • CAPSad III Partenon Lomba do Pinheiro

    (51) 3230.6360 · 3230.6361

    Rua Dona Firmina, 144 - Porto Alegre/RS

    Como chegar
  • CAPS AD III Sul/Centro-sul

    (51) 3230.6364 · 3230.6365

    Av. Cavalhada, 1930 - Porto Alegre/RS

    Como chegar
  • Emergência em Saúde Mental IAPI

    (51) 3289.3456

    Rua Valentim Vicentini, S/N - Porto Alegre/RS

    Como chegar
  • Hospital Santa Luzia

    (51) 3665.7100

    Rua Dom Luís Guanella, 2864 - Capão da Canoa/RS

    Como chegar
  • Hospital Nossa Senhora dos Navegantes

    (51) 3626.9300

    Rua Manoel José de Matos Pereira, 260 - Torres/RS

    Como chegar
  • Hospital Santa Ana

    (51) 3317.8142

    Praça Simões Lopes Neto, 175 - Teresópolis - Porto Alegre/RS

    Como chegar
  • CAPS AD IV – Centro/Céu Aberto

    (51) 3230.6366 · 3230.6367

    Rua Comendador Coruja, 97 - Porto Alegre/RS

    Como chegar