Sempre em busca das melhorias tecnologias para diagnóstico e tratamento de pacientes oncológicos, o Hospital Mãe de Deus passou a oferecer exames de PET-CT com PSMA em pacientes com câncer de próstata com alto risco inicial e àqueles que apresentam elevação do exame PSA no sangue  após cirurgia ou radioterapia, conhecida como recidiva bioquímica. 

O PET-CT com PSMA auxilia os médicos a identificarem precocemente e com muita precisão aonde estão localizadas as células de câncer de próstata responsáveis pelo aumento do PSA no sangue.  Além de detectar e localizar a possível disseminação local ou à distância da doença neoplásica, esta tecnologia permite aos especialistas avaliarem como está sendo a evolução do tratamento, ou seja, se está dando certo para o paciente, de uma forma indolor, não invasiva e extremamente segura. A localização precisa das lesões possibilita maior assertividade na escolha do tratamento e isso muda totalmente o futuro destes pacientes. 

 O PET-CT com 68Ga-PSMA é um exame híbrido, composto por uma tomografia do corpo inteiro (TC) fusionada com uma imagem funcional (PET) após a injeção de uma substância radioativa chamada Gálio-68 (68Ga) ligada a um antígeno específico de membrana da próstata, denominado PSMA. Trata-se de uma proteína de superfície celular do câncer de próstata, encontrada quando presentes tanto no tumor localizado na próstata  quanto nos focos de metástases, ou seja, implantes de tumor localizados em outros locais, que agora se tornam detectáveis com maior precisão e em menos tempo. O estudo localiza pequenos focos de doença que não seriam detectados por métodos tradicionais de rastreamento como tomografia computadorizada, ressonância magnética, cintilografia ou ultrassom.

O PET-CT com PSMA tem demonstrado importante impacto modificando o tratamento em até 50% dos casos, diminuindo consequências indesejadas de tratamentos inefetivos.

“O grande destaque do PET CT com PSMA é a possibilidade de definição de quem são os pacientes com câncer de próstata metastático para tratá-los adequadamente, e também contribui para definir a melhor estratégia de tratamento para os pacientes que não apresentam metástases. O exame permite criarmos um tratamento com maior chance de resposta e menor toxicidade, e é extremamente rápido e de fácil realização”, afirma Dr. Alan Arrieira Azambuja, oncologista do Hospital Mãe de Deus.

Converse com seu médico, ele é o melhor profissional para orientá-lo sobre seu tratamento e, caso necessite, basta entrar em contato com o fone (51) 992660423 e daremos mais informações sobre agendamento.