Quando se fala no Hospital Mãe de Deus, não se faz ideia de que é apenas uma ponta de um organograma bem maior. A mantenedora é a Associação Educadora São Carlos (AESC), que tem sob o seu guarda-chuva diversos outros hospitais, além de colégios e centros comunitários.

A AESC é uma organização religiosa, com 140 irmãs e criada em Caxias do Sul em 1962. Está no Rio Grande do Sul, Piauí, Ceará e Brasília. Fora do Brasil, está na República Dominicana, Costa Rica e Argentina. A receita anual supera R$ 600 milhões. Tem 720 leitos hospitalares, juntando SUS e privados.

A atuação é forte na área social, desde atendimento público de saúde, assistência social até bolsas de estudo. Superintendente-geral da associação, Fernando de Barros Barreto diz que é preciso o equilíbrio.

Leia a matéria aqui.